RELÓGIO

PARTICIPE SENDO UM SEGUIDOR DO BLOG

www.stepaway-polio.com

Google+

MAPA MUNDI

free counters

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Logotipo da FADERSBrasão da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos

Faders e Seduc capacitam 450 professores


Imagem de Cláudia de pé em uma sala de aula, vestindo uma camiseta amarela e calça preta, falando para um grupo de professores que estão sentados. Foto Divulgação.18/12/2013
A parceria entre a Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades (Faders) e a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) capacitou, aproximadamente, 450 professores de Educação Física da rede estadual de ensino em esporte paralímpico e atividades físicas inclusivas para pessoas com deficiência.

A formação iniciou no dia 5 de novembro no município de Vacaria e teve seu término do dia 4 de dezembro em Cachoeira do Sul. A professora de Educação Física da Faders e representante do Comitê Paralímpico Brasileiro, Claudia Alfama, foi quem ministrou as capacitações. Segundo ela, a falta de estrutura é um dos maiores problemas das aulas de educação física para pessoas com deficiência: “Os professores não têm os materiais adaptados; às vezes não têm nem ginásio e dão aula no chão batido. Muitos não tem nem bola, muito menos uma bola com guizo (para deficientes visuais)”, especifica.

Outro grave problema é o preconceito de alguns professores em relação a seus alunos com deficiência, de acordo com Cláudia. “A cada 100 professores que participaram, apenas 30% trabalham com pessoas com deficiência, e dos outros 70%, metade não trabalha por falta de condições físicas e arquitetônicas. O restante não trabalha por que não quer. É muito triste ouvir coisas como 'eu não quero trabalhar com ele, porque ele é deficiente'. Mas acho que o evento foi muito positivo”, finaliza.

Em 2013, as capacitações foram focadas em debates e questões legislativas, como relata a professora. “Foi um debate bem aberto. Os professores falaram das angústias, o que pensam, mas também foi um momento para ter conhecimento de legislação e direitos humanos”, comenta Cláudia. A ideia da Seduc é intensificar as formações em 2014, para poder se concentrar em áreas mais específicas, como trabalhar melhor os esportes paraolímpicos.

Fonte: Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRIMEIRA VACINA

PRIMEIRA VACINA

FOTOS

FOTOS
NEUROMUSCULAR EM SÃO PAULO

Postagens populares

HIDROTERAPIA

HIDROTERAPIA