RELÓGIO

PARTICIPE SENDO UM SEGUIDOR DO BLOG

www.stepaway-polio.com

Google+

MAPA MUNDI

free counters

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Mobilidade, acidentabilidade e acessibilidade são pauta de reunião

Logotipo da FADERSBrasão da Secretaria da Justiça e dos Direitos HumanosCartilha Atitudes que fazem a diferença com Pessoas com Deficiência - Faders/SJDH


Mobilidade, acidentabilidade e acessibilidade são pauta de reunião


14/09/2017
O presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, recebeu na manhã desta quinta-feira (14) a visita do diretor da MO3 Gestão Organização, Otimização e Operação, Fernando Fróes.



Na ocasião, as partes expuseram expectativas e perspectivas para a área da mobilidade urbana. Bakof destacou que a fundação vem estimulando, durante as suas interiorizações, os municípios a melhorarem as suas calçadas, possibilitando uma melhor circulação da sociedade como um todo, o que também afeta a vida das pessoas com deficiência, com mobilidade reduzida, obesos, pessoas que conduzem carrinhos de bebês e também idosos.

Neste diálogo também foi pontuada a realização de um evento para debater esta temática com a sociedade, considerando inclusive as repercussões na acidentalidade, a qual decorrência de calçadas imperfeitas, ou a inexistência destas, o que leva ao deslocamento de pessoas pelo leito da rua.

A MO3 desenvolve consultora para apoio à gestão e operação em sistemas de transporte e mobilidade urbana. Ela acumula experiência em todas as etapas que englobam o sistema de gestão, contendo ferramental técnico e humano para atividades de diagnóstico, implantação de intervenções e acompanhamento de desempenho de projetos de sistemas de transporte.


Fonte: ASCOM/ Faders Acessibilidade e Inclusão



Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul FADERS

Semana Municipal da Pessoa com Deficiência em São Leopoldo debaterá formas de inclusão

Logotipo da FADERSBrasão da Secretaria da Justiça e dos Direitos HumanosCartilha Atitudes que fazem a diferença com Pessoas com Deficiência - Faders/SJDH


Semana Municipal da Pessoa com Deficiência em São Leopoldo debaterá formas de inclusão


18/09/2017
A abertura da 1ª Semana da Pessoa com Deficiência realizada em São Leopoldo recebeu nesta segunda-feira, dia 18, entidades, autoridades municipais e o presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, em uma cerimônia de abertura cujo foco foi a conscientização.


Em sua fala, Bakof trouxe aos presentes a discussão sobre a geração de consciência para que todos tenham a inclusão como um valor civilizatório. O desafio, segundo ele, é a busca do entendimento sobre qual a sociedade que queremos para que, de forma consciente, busque-se a inclusão e acessibilidade de forma plena e não apenas por determinação de lei.

O prefeito Ary Vanazzi chamou a atenção para o momento delicado em que o país vive. “Nós temos uma tarefa muito dura pela frente. Vivemos um momento muito difícil da nossa história com a suspensão da liberdade das pessoas, todos os direitos, construídos ao custo de vidas, estão em risco”, alertou. Vanazzi acrescentou que o debate é para gerar direitos e compromissos. “Estamos longe de ter uma cidade universal. Temos que recuperar o sentimento de pertencimento de um município que seja capaz de dar dignidade a todo cidadão. Temos 46 mil leopoldenses com algum tipo de deficiência que precisam ser reconhecidas e respeitadas”, ressaltou.

O secretário de Direitos Humanos de São Leopoldo, Hélio Teixeira, reconheceu que é preciso colocar também em discussão as estruturas do município, que são deficientes, além de buscar ampliar a sensibilização das pessoas e da iniciativa privada.

Para o coordenador de Política da Pessoa com Deficiência, Leandro Brandt, que integra a Secretaria de Direitos Humanos de São Leopoldo, é preciso estimular o convívio entre pessoas com e sem deficiência. “Todos nós devemos conhecer a realidade e buscar soluções conjuntas. Acessibilidade não é apenas colocar uma rampa. Inclusão é um conceito muito mais complexo. A cidade estava carente desse debate”, ressaltou.

A primeira palestra da semana tratou do desafio dos gestores nas políticas públicas e foi ministrada pelo presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, que defendeu que a inclusão seja encarada como um conceito e não como uma lei a ser cumprida. “Sou a favor que as pessoas façam algo não por força da lei e sim pela tomada de consciência. A inclusão é um valor civilizatório”, destacou.

A Semana da Pessoa com Deficiência segue com programação até o dia 22 de setembro. A meta é envolver a comunidade em cinco dias de debates, palestras e sessões de cinema.


Programação

18 de setembro

8h30 - Abertura Oficial da Semana da Pessoa com Deficiência
Local: Câmara de Vereadores - Rua Independência, 66 - Centro
9h30 - Palestra “Desafios dos Gestores Municipais nas Políticas Públicas para as Pessoas com Deficiência” Palestrante: Roque Bakof - Presidente da FADERS
Local: Câmara de Vereadores - Rua Independência, 66 - Centro
13h30 - Palestra “Políticas Públicas para as Pessoas com Deficiência, Legislação” Palestrante: Santos Fagundes - ativista da inclusão social, Chefe de Gabinete do Senador Paulo Paim
Local: Câmara de Vereadores - Rua Independência, 66 - Centro
14h - Sessão de Cinema Acessível
Local: Sala de Cinema do Centro Cultural José Pedro Boesio - Rua Osvaldo Aranha, 934 - Centro

19 de setembro

8h30 - Debate “Educação Inclusiva”
Componentes da Mesa: Adilso Luiz Pimentel Corlassoli - SDSTJDH, Fabiana Morales Farias - SMED, Sônia Jaqueline de Paula Konzen - SMED, Gecy Maria Fritsch Klauck - Ativista da Inclusão Social.
Mediadores: Dr. Helio - Secretario Municipal de Direitos Humanos e Melissa Hickmann Muller - Coordenadora do NAPPI São Leopoldo
Local: Câmara de Vereadores - Rua Independência, 66 - Centro

14h - Sessão de Cinema Acessível
Local: Sala de Cinema do Centro Cultural Jose Pedro Boesio - Rua Osvaldo Aranha, 934 - Centro


20 de setembro

Tarde da Visibilidade das Pessoas com Deficiência
Local: Praça 20 de Setembro - Rua São Domingos - Centro
14h - Sessão de Cinema Acessível
Local: Sala de Cinema do Centro Cultural Jose Pedro Boesio - Rua Osvaldo Aranha, 934 - Centro

15h30 - Sessão de Cinema Acessível
Local: Sala de Cinema do Centro Cultural Jose Pedro Boesio - Rua Osvaldo Aranha, 934 - Centro

17h - Encerramento da Tarde da Visibilidade
Local: Praça 20 de Setembro - Rua São Domingos - Centro


21 de setembro

8h30 - Palestra “Importância dos Conselhos de Direitos e atribuições dos Conselhos e Conselheiros” Palestrante: Valdair da Rosa da Silva - Vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência (COEPEDE/RS)
Local: Câmara de Vereadores - Rua Independência, 66 – Centro

14h - Sessão de Cinema Acessível
Local: Sala de Cinema do Centro Cultural José Pedro Boesio
Rua Osvaldo Aranha, 934 - Centro

14h - Debate Acessibilidade Cultural
Componentes da Mesa: Izabel Cristina da Silveira - Gestora cultural, atriz, diretora e professora de teatro, Daiane Andrade - SECULT
Mediadora: Lilian Nunes da Silva
Local: Biblioteca Vianna Moog
Rua Osvaldo Aranha, 934 - Centro


22 de setembro

8h30 - Palestra “Promoção da Saúde através do Paradesporto” Palestrante: Rotechild Prestes - Presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COEPEDE/RS)
Local: Câmara Municipal de Vereadores
Rua Independência, 66 - Centro


Fonte: ASCOM/ Faders Acessibilidade e Inclusão



Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul FADERS

Evento em Vacaria debate possibilidades e desafios da pessoa com deficiência no Mercado de Trabalho

Logotipo da FADERSBrasão da Secretaria da Justiça e dos Direitos HumanosCartilha Atitudes que fazem a diferença com Pessoas com Deficiência - Faders/SJDH


Evento em Vacaria debate possibilidades e desafios da pessoa com deficiência no Mercado de Trabalho


18/09/2017
O Comitê de Inclusão no mercado de trabalho de Vacaria realizou na última quarta-feira (13), na Câmara de Vereadores do município, uma atividade visando debater sobre como incluir pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Durante a programação, foram feitos diálogos sobre questões como a lei de cotas, lei da aprendizagem, empresas inclusivas, contrato de trabalho, barreiras à empregabilidade e sobre trabalhar com as diferenças.


O evento teve como palestrantes os representantes da área técnica da Faders Acessibilidade e Inclusão, Eloide Marconi, Marco Antônio Oliveira dos Santos e Kaici de Carvalho, e foi direcionado para profissionais da saúde, da segurança do trabalho, coordenadores e facilitadores da inclusão no mercado de trabalho.


Fonte: ASCOM/ Faders Acessibilidade e Inclusão


Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul FADERS

FESTIVAL DE CINEMA ACESSÍVEL KIDSEXIBE FILMES COM FORMATO INÉDITO NO MUNDO

Logotipo da FADERSBrasão da Secretaria da Justiça e dos Direitos HumanosCartilha Atitudes que fazem a diferença com Pessoas com Deficiência - Faders/SJDH


FESTIVAL DE CINEMA ACESSÍVEL KIDSEXIBE FILMES COM FORMATO INÉDITO NO MUNDO

18/09/2017


Após encantar o público na estreia com a exibição de “Malévola” em sessões lotadas, o Festival de Cinema Acessível Kids segue sua programação com “Meu Malvado Favorito1” no próximo dia 24 de setembro (domingo). O título é um dos grandes sucessos da Disney e será exibido, pela primeira vez, com três recursos de acessibilidade: audiodescrição, legendas e Libras. O Festival de Cinema Acessível Kids tem a chancela da UNESCO e apresenta formato inédito no mundo. A sessão ocorre às 15h, na Sala Paulo Amorim, da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro Histórico – Porto Alegre), com entrada franca. 

A proposta do Festival de Cinema Acessível Kids - que é uma realização do Som da Luz através da Lei Rouanet -,é apresentar obras cinematográficas infanto-juvenis, mas que fazem sucesso com a família toda. “O investimento na formação das crianças garante uma sociedade melhor no futuro”, afirma Sidnei Schames, diretor do Som da Luz. 

Nesse sentido, uma iniciativa como a do Festival de Cinema Acessível Kids possibilita que as crianças e jovens já cresçam em um contexto que acolhe e respeita as particularidades de cada indivíduo. “É notável a diferença na formação do adulto se já na infância houver a convivência e a troca entre crianças com e sem deficiência. E o Festival de Cinema Acessível Kids é um caminho que incentiva e possibilita isso”, comenta Schames.

OS RECURSOS DE ACESSIBILIDADE
As obras do Festival de Cinema Acessível Kids contam com os recursos de audiodescrição, legendas explicativas e Língua Brasileira de Sinais. A audiodescrição permite ao público com deficiência visual (pessoas cegas ou com baixa visão) ter acesso aos filmes através da descrição dos elementos visuais da obra. Pesquisas demonstram que esse recurso beneficia, ainda, espectadores com autismo, Síndrome de Down, déficit intelectual, dificuldade de concentração e problemas neurológicos. 

As legendas e a janela de Libras trazem acessibilidade ao público surdo ou com deficiência auditiva. Além dos filmes acessíveis, o Festival promove uma recepção acolhedora do público para que todos se sintam bem e possam aprender uns com os outros a partir das sessões de cinema. 

FOCO NO PÚBLICO SEM DEFICIÊNCIA
Crianças e adultos sem deficiência também vem aproveitando e aprendendo muito com o Festival de Cinema Acessível Kids. No início de cada sessão a equipe do Som da Luz distribui vendas para quem enxerga perceber a importância da audiodescrição e ter uma experiência fílmica diferente. “As pessoas fazem o exercício de se colocar no lugar de quem tem deficiência e saem maravilhadas”, relata o diretor.

No que diz respeito à comunicação com o público surdo o evento também tem provocado uma mudança cultural e vem instigando o aprendizado. “Tivemos muita gente da plateia sem deficiência que foi fazer curso de Libraspara poder se comunicar com pessoas surdas”, conta Schames. 

SESSÕES PARA ESCOLAS
Haverá sessões específicas para escolas que em função da grande procura já estão com as reservas esgotadas. Escolas interessadas devem manifestar interesse para a lista de espera, informando o número de alunos que gostariam de levar e o contato da direção. O email para ser incluído na lista de espera é: somdaluz@somdaluz.net.

PROGRAMAÇÃO
Além de “Malévola” e “Meu Malvado Fatorito1”, dentro da programação do Festival de Cinema Acessível Kidsestá ainda “Universidade Monstros”. Para conferir a programação completa, acesse a página no Facebook: Festival de Cinema Acessível Kids. Todas as sessões tem entrada franca.

O Festival de Cinema Acessível Kids conta com patrocínio do BRDE, Charrua Distribuidores de Derivados de Petróleo e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho - Grupo RBS, além dos seguintes apoiadores: Unesco, SJDH, ACERGS, UCERGS, IECINE, AGADE e Cinemateca Paulo Amorim. O Som da Luz segue captando recursos através da Lei Rouanet para a viabilização de novos títulos dentro da programação do evento. Empresas interessadas podem entrar em contato.

SERVIÇO:
O que: Festival de Cinema Acessível Kids, com “Meu Malvado Fatorito1”
Data: 24de setembro (domingo)
Horário: 15H
Local: Sala Paulo Amorim da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro Histórico – Porto Alegre/ RS)
Entrada franca

Próximo filme na programação:Universidade Monstros (14 de outubro,sábado), às 15h 
Facebook: Festival de Cinema Acessível Kids
Patrocínio: BRDE, Charrua Distribuidores de Derivados de Petróleo e Fundação Maurício Sirotski Sobrinho – Grupo RBS
Realização: Som da Luz
Apoio:Unesco, SJDH, ACERGS, UCERGS, IECINE, AGADE e Cinemateca Paulo Amorim

Links para download de material para imprensa:
Fotos da primeira sessão do Festival de Cinema Acessível Kids: 
https://www.facebook.com/festivaldecinemaacessivelkids/photos/pcb.1664341883599624/1664339566933189/?type=3&theater
https://www.facebook.com/festivaldecinemaacessivelkids/photos/pcb.1664341883599624/1664339730266506/?type=3&theater
https://www.facebook.com/festivaldecinemaacessivelkids/photos/pcb.1664341883599624/1664339576933188/?type=3&theater
https://www.facebook.com/festivaldecinemaacessivelkids/photos/pcb.1664341883599624/1664340023599810/?type=3&theater

Vídeos: 
Apresentação da primeira edição do Festival de Cinema Acessível: https://www.youtube.com/watch?v=bAK1L3JNCpg
Recorte do filme Malévola: 
https://www.youtube.com/watch?v=KEEKb-zUn3g
Recorte do filme Meu Malvado Favorito: 
https://www.youtube.com/watch?v=yuyuKNhkhWw&feature=youtu.be

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Mariana Baierle – Jornalista
Fone/ WhatsApp: 51 98433 7368
Email: mariana.baierle@uol.com.br

O SOM DA LUZ
somdaluz@somdaluz.net
Fone: 51 30860527
Fone/ Whatsapp 51 995945558


Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA - Mariana Baierle

Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul FADERS

PRIMEIRA VACINA

PRIMEIRA VACINA

FOTOS

FOTOS
NEUROMUSCULAR EM SÃO PAULO

Postagens populares

HIDROTERAPIA

HIDROTERAPIA