RELÓGIO

PARTICIPE SENDO UM SEGUIDOR DO BLOG

www.stepaway-polio.com

Google+

MAPA MUNDI

free counters

sexta-feira, 30 de abril de 2010

INCLUSÃO OU INCLUIR

Passamos tempo pensando em inclusão social e percebemos que o correto é incluir pensamentos na humanidade , incluir idéias que realmente possam compartilhar com os necessitados de atendimentos, necessitados de carinho, necessitados de trabalho digno, necessitados de vida.
Devemos sempre priorisar pensamentos puros e sem repúdio para com os que lhe estendem a mão a procura de informações que se fazem necessidade para o fortalecimento de nossa alma.
Vamos fazer corrente para que neste mundo o amor e o respeito vão estar presentes em todos os lares e cabeças , e que com a união o mundo ficará melhor para todos.
Quando nascemos não temos condição de traçar os caminhos de nossa , vamos trilhando por eles a cada  24 horas, sempre um dia após o outro.
Então, vamos unir nossas mentes para realmente efetuarmos a inclusão social.
A inclusão do respeito e do amor.
O mundo e o universo nos foi dado por Deus e devemos usar com sabedoria nosso presente.
Somos todos filhos do mesmo Pai.
E na bem da verdade vos digo: Estamos incluídos no sistema, o que nos falta é o AMOR AO PROXIMO.


TV Paim - Inclusão / Estatuto da Pessoa com Deficiência - Programa 7

TV Paim - Inclusão / Estatuto da Pessoa com Deficiência - Programa 7

quarta-feira, 28 de abril de 2010

DESABAFANDO VIRTUALMENTE

TÓPICO POSTADO EM 2009 E COM PEQUENAS MODIFICAÇÕES EM ABRIL DE 2010

É incrível que o BRASIL conhecendo já a SPP nada fazia para ajudar os sobreviventes da pólio que tanto assolou nosso PAÍS.


Vendo que em outros paises as pessoas e o próprio governo estao mobilizados ao combate a pólio e aos que hoje possuem novas patologias qua não estao sendo curadas com tratamentos .


Com pesquisas é visto que estas patologias se enquadaram como SPP e ai entao com equipes musltidiplinares estao a fornecer os meios adequados para a ajuda dessas pessoas.


Me faço a pergunta como pode os governantes instruirem seus comandados a fazer vistas grossas aos sintomas da SPP?


Como pode o INSS a negar esses individuos que tem a SPP dando-lhes alta como se todas as afirmações que são ditas ao perito (que de perito não tem nada)são mentirosas e fraudulentas?


Se é que existe "PERITOS" no INSS estes estão despreparados pelo proprio GOVERNO e não tomaram ou não querem tomar conhecimento da SPP.


O CONGRESSO NACIONAL é tão ou mais culpado desta situação, pois, se a propria casa que deveria cobrar que as leis fossem cumpridas na integra não o fazem.


Nenhum alicerce ficará forte se não for colocado na sua feitura os produtos necessarios a  sua solidez.


Os brasileiros estão muito calados e sem atitudes que possam ajudar a mudar o sistema.
Devemos sim é unir esforços e derrubar os desqualificados e atraves do nosso maior poder que é o VOTO mostrar que quem manda neste PAÍS é o seu povo e não o GOVERNO.


O GOVERNO DEVE SER FEITO PELO POVO E PARA O POVO

NO ANO DE 1958 EM 28 DE MAIO NASCI E QUANDO ESTAVA JÁ COM 01 ANO DE IDADE TIVE FEBRE ALTA E LOGO APÓS ESTA NÃO MAIS CONSEGUIR DEAMBULAR, A PERNA ESQUERDA ESTAVA SEM FORÇA.

MEUS PAIS QUE NESTA ÉPOCA MORAVAM NA GRANDE PORTO ALEGRE NA LOCALIDADE CAPELA DE SANTANA DISTRITO DE MONTENEGRO/RS
VIERAM A PORTO ALEGRE E A UMA CONSULTA COM UM MÉDICO QUE DIAGNOSTICOU , POLIOMELITE.(em tempo: quando em visita a cidade de Porto Alegre , estavam aplicando a vacina contra a Poliomelite e me foi aplicada a vacina; a partir desta é que os sintomas de febre,nauseas e força motora apareceram).
RECEITOU TRATAMENTO QUE A RISCA FORAM FEITOS PELOS MEUS PAIS, SENDO QUE DE NADA ADIANTARAM PARA A MELHORA DO QUADRO.
AOS 08 ANOS FUI SUBMETIDO A UMA CIRURGIA DE ALONGAMENTO DO TENDÃO DE AQUILES USADO UMA BOTA GESSADA POR VARIOS MESES, APÓS ISSO FIZ VÁRIAS SEÇÕES DE FISIOTERAPIA PARA A PERNA ESQUERDA.


UMA CRIANÇA FREQUENTANDO ESCOLA E SENDO MOTIVO DE RISO PELO SEU PROBLEMA, BUSCA MOSTRAR AOS OUTROS QUE A SEQUELA NÃO É PROBLEMA PARA O CONVÍVIO SOCIAL.


ATRAVÉS DE MARATONA DE ATIVIDADE FISICAS DURANTE MINHA INFÂNCIA E JUVENTUDE FUI FAZENDO EXERCICIOS FISICOS FORTES QUE ME DERAM A FORÇA NECESSÁRIA PARA COMPETIR DE IGUAL POR IGUAL .


PARTICIPEI DE CAMPEONATOS ESTUDANTIL ONDE COMPETIA PELA ESCOLA EM ARREMESSO DE “MARTELO” (BOLA DE FERRO COM 7 K)
TENDO FICADO EM SEGUNDO LUGAR COM 38 METROS O ARREMESSO.


MINHA VIDA NA FASE ADULTA NUNCA NEGUEI SERVIÇO ALGUM PELA MINHA LIMITAÇÃO, TENTAVA ACHAR UMA MANEIRA DE FAZER.


TRABALHEI EM ESCRITÓRIO, VENDA, CHEFIA DE VENDA , GERENTE DE LOJA SENDO ESTA A ULTIMA COM CARTEIRA ASSINADA (ATÉ AGOSTO DE 1990), APÓS COMO AUTÓNOMO MONTAVA ANTENA PARABÓLICA EM PRÉDIO , CASA, ETC... EFETUEI VÁRIOS SERVIÇOS PELO INTERIOR DO RGS.


EM 1999 JÁ APRESENTANDO PROBLEMA DE DORES MUSCULARES E NA COLUNA, RESOLVI MUDAR DE RAMO E ABRIR UMA LANCHERIA (VENDA DE LANCHES RÁPIDO) EM MINHA CASA.


TRABALHEI MESMO TENDO AS DORES FICADO MAIS FORTES , MAS NAO PODIA PARAR DE MANTER O SUSTENTO DE MINHA FAMÍLIA.


NO ANO DE 2004 EM PROCURA DE ATENDIMENTO MÉDICO ESSE MANDAU FAZER EXAMES DIVERSOS ONDE FOI CONSTATADO OS PROBLEMA DAS DORES EM MINHA COLUNA.


TENHO TIDO ACOMPANHAMENTO DE MÉDICO NEUROCIRURGIÃO DO HOSPITAL PARQUE BELÉM/PORTO ALEGRE-RS E ESSE  MÉDICO TEM DITO QUE NAO MAIS DEVO FAZER ATIVIDADE LABORAIS PARA POUPAR A JÁ FRÁGIL QUALIDADE FÍSICA E MANTER ASSIM UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA. TAMBÉM FALOU QUE NÃO GOSTARIA DE OPERAR POIS, OS RISCOS DA CIRURGIA SERIAM MAIORES QUE O RESULTADO ESPERADO.


MESMO ASSIM O INSS DESDE JANEIRO DE 2005 ATÉ FEVEREIRO DE 2009 ME MANTEVE EM AUXÍLIO DOENÇA, AO INVÉS DE MANTER O BENEFÍCIO ELES A PARTIR DE MARÇO/09 NÃO MAIS DERAM.


ALEGAÇÃO É QUE NADA TENHO E TENHO CONDIÇÕES DE MANTER MINHAS ATIVIDADE LABORAIS .


QUE ATIVIDADE LABORAIS QUE MANTENHO?


O QUE MANTENHO É O DESCANSO PARA NÃO PIORAR COM AS DORES.
A FALTA DE PROFISSIONALISMO POR PARTE DESTES PERITOS É ALGO QUE ME TIRA DO SÉRIO, COMO PODEM NEGAR UM ATESTADO MÉDICO QUE ME MANTEM EM CONSTANTE TRATAMENTO E ACONSELHAMENTO PARA MINHA QUALIDADE DE VIDA, DIZER ELE ( O MÉDICO NEUROCIRURGIÃO) É UM GRANDE MENTIROSO E O SEU ATESTADO É FALSO. ELES NÃO DIZEM ASSIM , SE FAZEM USO DE UMA LEI ARCAICO E DISTORCIDA E QUE SOMENTE VIZAM A DIMINUIR OS GASTOS COM A PREVIDÊNCIA, QUE DE PREVIDÊNCIA SOCIAL NÃO TEM NADA.


O TEMPO FOI PASSANDO E NOVOS PROBLEMA FORAM VINDO: DEPRESSÃO (PELO DESCASO DO SISTEMA), AIDA BEM QUE TENHO UMA BOA FAMÍLIA QUE ME EDUCOU COM A SABEDORIA, PORQUE SE NÃO EU JÁ TERIA FEITO O QUE O SISTEMA TEM LEVADO MUITOS A FAZER , O USO DA VIOLÊNCIA , SABE VONTADE E IRA INTERIOR NAO ME FALTA QUANDO OLHO PARA UM PERITO, MINHA VONTADE DE PENSAMENTO NAQUELE MOMENTO É DE FAZER ELE SENTIR NA SUA PROPRIA PELE O QUE ESTOU SENTINDO, TALVEZ ASSIM ELES VERIAM QUE AS PESSOAS QUE REALMENTE TEM PROBLEMA ESTAO A SOFRER. COLOCANDO OS NECESSITADOS NA RUA DA AMARGURA ELES QUEREM O QUE DAQUELES QUE NAO TIVERAM UMA BOA EDUCAÇÃO? ROUBOS, SEQUESTROS, FURTOS, HOMICIDIOS, SUICIDIOS, ETC...
SERÁ QUE NÃO ESTA NA HORA DE ACORDAREM E REVEREM SUAS ATITUDES PARA COM AS PESSOAS E OLHA-LAS COM RESPEITO E VONTADE DE AJUDAR.
POIS, SE HOJE NAO MAIS CONSEGUIMOS MANTER O PAGAMENTO DO NOSSO CARNE DE INSS É PORQUE CONDIÇÕES NAO TEMOS MAIS .


VEJAM , JÁ FIZ DESDE FEVEREIRO/09 ATÉ AGOSTO/09 CINCO PERICIAS MEDICAS ONDE NA ÚLTIMA MOSTREI ALGO QUE FALAVA SOBRE A SINDROME PÓS PÓLIO-SPP E ELES FICARAM ESPANTADOS POR NÃO TER O CONHECIMENTO DESSA PATOLOGIA.
ALEGANDO QUE A SPP É AINDA O RESULTADO DO QUE TIVE NA INFANCIA QUE FOI A PÓLIO.
TANTA IGNORANCIA POR PARTE DESTA PROFISSAO QUE SE DIZ PERITOS .
VÃO SE INFORMAR , VÃO ESTUDAR A FUNDO, VÃO TER QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL PRIMEIRO PARA DEPOIS TER CONDIÇÕES DE NEGAR UMA SOLICITAÇÃO DE QUEM JÁ POSSUI OS SINTOMAS DA SPP.
O QUE ELES QUEREM É QUE NOS FAZERMOS CIRURGIAS, PARA ELES O IMPORTANTE É CORTAR , CORTAR E CORTAR, DE PREFERENCIA MATAR , ASSIM FICARIA MELHOR PARA ELES(INSS) TERMINARIA A POSSIBILIDADE DA CONTINUADA DO PAGAMENTO DE BENEFICIO.
EU HOJE TENHO FADIGA MUSCULAR NOS BRAÇOS E MAOS, TENHO SÉRIAS DORES NO JOELHO DIREITO, O JOELHO E A PERNA ESQUERDA SOFRE DE DORES E TEM SE MANTIDA FRIA E ARROXEADA , TENHO CANSAÇÕ FISICO SOMENTE DE ANDAR POUCOS METROS, FAZENDO QUE FIQUE DENTRO DE CASA SEM ANIMO E VONTADE DE CONTINUAR.
SOMENTE AINDA NAO DESISTI, PORQUE MINHA FAMILIA NAO MERECE TAL ATITUDE.
ESTOU LUTANDO POR MINHA QUALIDADE DE VIDA PARA MANTER MEUS FILHOS, ESPOSA E NETO COM ALEGRIA E NAO COM A TRISTESA DE ME VER SEM VONTADE.
REMEDIOS PARA ME MANTER COM TRANQUILIDADE, SE FAZEM NECESSARIOS .





DIRETORIA 2009 – 2011

Presidente: LUIZ RICARDO MENEZES BASTOS

Vice-Presidente: MARCELO ROSSI

Secretário: LUIZ CARLOS AMARAL VIEIRA

2º Secretário: ELSON ROSSI FONSECA

Tesoureiro: CELSO FERNANDO NUNES CONFORTI

2º Tesoureiro: FERNANDO ASSEF PUCCI

Diretor de Patrimonio: SALIM ELIAS NETO

Diretor de Imprensa: JÚLIO CÉSAR PEREIRA DOS SANTOS

Diretor de Serviços Gerais: PAULO YOSHIO ASSATO

Diretora de Defesa Profissional: MARIA APARECIDA SANCHEZ

Diretora de Departamento Científico: PRESCILA MAMEDE

Diretor Cultural: PAULO SÉRGIO HANSEN MARTINS

Diretor de Informática: ERWIN LANGNER

Diretor Social: DANILO GULLO FERREIRA

Diretor de Convênios: CLAIR TURAZZI FILHO

Diretor de Esportes: ALCIDES TENO CASTILHO JR

Conselho Fiscal: PAULO MARCELO MOFATTO, JOÃO ENRIQUE BLUMER, DELFIM A. VAROLLI,
Suplentes: JULIO CESAR NATALINO, CARLOS GOMES FERRARESI, AFONSO MANZANO
Lula culpa os médicos pelo caótico sistema de saúde


5 de abril de 2010
Autor: Dr. Luiz Ricardo Bastos

O presidente da Associação Médica Brasileira, José Luiz Gomes do Amaral, se manifestou por meio de uma carta contra os dizeres do presidente Luiz Inácio Lula da Silva culpando os médicos pelo caótico sistema de saúde nacional.
De acordo com diversos jornais brasileiros, Lula reclamou que os médicos não aceitam ou cobram caro para trabalhar no interior e periferias. O presidente também teria criticado o Conselho Federal de Medicina, pedindo reconhecimento aos diplomas dos médicos formados em Cuba. Ainda criticou o médico responsável pela amputação do seu dedo mínimo da mão esquerda. Sua ira voltou-se também aos contrários à cobrança de novo tributo para aumentar os recursos ao setor de saúde.

Leia na íntegra os dizeres de José Luiz Gomes do Amaral:

O que o presidente finge não saber é que o médico sozinho no interior ou em periferias é incapaz de promover saúde. Ele precisa de apoio para exercer a sua profissão, como laboratórios, equipamentos para exames, hospitais, enfim tudo o que não é prioridade ou é claramente insuficiente em seu Governo.
Lula também finge não saber que ninguém é contra o médico cubano: exige-se apenas que ele, como qualquer outro, se submeta ao exame de avaliação exigido para formados no exterior.
Quanto à CPMF, governar impondo novos impostos ao já fatigado povo brasileiro, Sr. Lula, é tão vulgar quanto dizer que é “fácil ser médico na avenida Paulista”.
Sr. Lula, a Associação Médica Brasileira, em nome dos mais de 350 mil médicos brasileiros, sente-se ultrajada com suas declarações, visto inverídicas, por considerar que elas não condizem com cargo que V. Sa ocupa e por atingir a dignidade e honradez daqueles que, diariamente em hospitais ou consultórios, muitas vezes em condições precárias, lutam por manter a saúde do povo brasileiro.

Presidente Lula, o Sr. deve um pedido de desculpas à classe médica brasileira.

Fonte: Saúde Business Web

CÓDIGOS  CID 10

segunda-feira, 26 de abril de 2010

PNE CONECTADO

NUNCA DESISTA , SEUS LIMITES SÃO INFINITOS



NÃO EXISTE LIMITE PARA NOSSAS VITÓRIAS, OUSE!

Página Principal » Serviços » Acessibilidade




Guia de aquisição de carros para as Pessoas com Deficiência, com isenção de IPI, ICMS e IPVA.

1. Pessoa com Deficiência - Condutor: Isento de IPI, IOF, ICMS, IPVA e rodízio municipal (deficiência física).

2. Pessoa com Deficiência - Não Condutor: Isento de IPI e rodízio municipal (deficiência física e visual).

3. Pessoa com Deficiência - Não Condutor: Isento de IPI e rodízio municipal (deficiência mental e autismo).



ISENÇÃO DE IMPOSTOS PARA COMPRA DE VEÍCULO 0 KM - CONDUTOR (PESSOA COM DEFICIÊNCIA FÍSICA)



1ª ETAPA

CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO: A pessoa com deficiência física deve se dirigir a uma auto-escola especializada. Se já possuir uma habilitação comum, deve-se renová-la junto ao Detran para que conste a observação de carro adaptado ou automático.


2ª ETAPA

LAUDO MÉDICO PARA CONDUTOR: A pessoa com deficiência física deve obter este documento no DETRAN, nele o médico irá atestar o tipo de deficiência física e a incapacidade física para conduzir veículos comuns. Neste documento estarão indicados o tipo de carro, características e adaptações necessárias.


3ª ETAPA


ISENÇÃO DE IPI E IOF



* Necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da Receita Federal mais próxima de sua residência:

a) Preencher requerimentos de pedido de isenção de IPI fornecidos pela Receita Federal.

b) Laudo Médico e carteira de habilitação, 2 (duas) cópias autenticadas pelo DETRAN

c) 2 (Duas) cópias autenticadas por cartório dos seguintes documentos: CPF, RG e comprovante de endereço que demonstre consumo (luz ou telefone fixo).

d) 1 (uma) cópia simples das (duas) ultimas declarações de imposto de renda (ano vigente e ano anterior).

Obs.: Se não for declarante; Apresentar cópia da declaração de Isento (também chamado recadastramento de CPF) ou, se for dependente, levar declaração do responsável legal.

e) Documento que prove regularidade de contribuição a previdência (INSS). Ex: Holerite (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado) ou no caso de (Autônomo, empresário e profissional liberal) declaração do INSS que demonstre recolhimento mensal chamada de DRSCI obtido pela internet no site www.dataprev.gov.br ou direto em uma agencia da Previdência Social.

Obs.: Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, preencher declaração sob as penas da lei de não contribuinte do INSS. Dica: Para conseguir os requerimentos de IPI, acesse na internet a página da Receita Federal (instrução normativa 607)

4ª ETAPA



ISENÇÃO DE ICMS (CONCEDIDA APENAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA - CONDUTORAS HABILITADAS)



* Necessário apresentar os seguintes documentos no posto fiscal da Secretaria da Fazenda da área de sua residência:

a) Kit de requerimento de isenção de ICMS assinado com firma reconhecida, obtido no posto fiscal da Secretaria da Fazenda.

b) 1 (um) Laudo médico (DETRAN) original e carteira de habilitação autenticada pelo DETRAN.

c) 1 (uma) cópia autenticada por cartório dos seguintes documentos: CPF, RG e comprovante de endereço que demonstre consumo (água, luz ou telefone fixo).

d) Carta do vendedor, (que será emitida pela montadora que fabrica o carro escolhido). Este documento é fornecido pela concessionária onde será efetuada a compra.

e) Cópia simples da última declaração de Imposto de Renda (Ano vigente).

f) Comprovantes de capacidade econômica financeira: Exemplo: Holerite, extrato de poupança, aplicação ou documento do atual veículo que será vendido e usado como parte de pagamento.

5ª ETAPA


ISENÇÃO DE IPVA (CONCEDIDA APENAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA - CONDUTORAS HABILITADAS)


* Esta isenção só será encaminhada quando veículo zero ou usado estiver devidamente documentado em nome da pessoa com deficiência física. É necessário encaminhar os seguintes documentos no posto fiscal da Secretaria da Fazenda da área de sua residência:

a) Preencher Kit de requerimento em 3 (três)vias de isenção de IPVA

b) Laudo médico (uma cópia autenticada)

c) 1 (uma) cópia autenticada do RG, CPF, comprovante de residência (água, luz ou telefone fixo), carteira de motorista, certificado de propriedade e licenciamento do veículo frente e verso. (obrigatoriamente em nome da pessoa com deficiência)

d) 1 (uma) cópia da nota fiscal da compra do carro.(Somente para 0km).

e) Cópia autenticada da nota fiscal do serviço de adaptação do seu veículo (caso seja necessária alguma adaptação).

f) Declaração que irá possuir apenas um veículo com a isenção de IPVA

Obs.: No caso de possuir mais de um veículo em seu nome, só será aceita a isenção de apenas um veículo, ficando o demais sujeito ao pagamento normal do tributo.

Isenção de multas (referente ao rodízio): A pessoa com deficiência física pode rodar todos os dias com seu veículo, independente da restrição colocada a finais de placas pelo rodízio municipal. Deve-se cadastrar o veiculo ao órgão competente, evitando que as multas sejam cobradas.



ISENÇÃO DE IPI - NÃO CONDUTOR (PESSOA COM DEFICIÊNCIA FÍSICA E PESSOA COM DEFICIÊNCIA VISUAL)



* Necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da Receita Federal:

a) Preencher Kit de requerimentos de isenção de IPI fornecidos pela Receita Federal;

b) Preencher declaração de identificação do condutor autorizado com firma reconhecida em cartório das assinaturas de todos os envolvidos no processo;

c) 1 (uma) cópia autenticada do RG, CPF comprovante de endereço, da pessoa com deficiência física, assim como dos condutores envolvidos.

Obs.: Pessoa com deficiência menor de 18 anos e dependente dos pais ou responsáveis, que não possua RG e CPF, deve anexar certidão de nascimento.

d) 2 (duas)vias do Laudo médico, conforme modelo específico (obtido na receita federal), a ser preenchido por médico ou oftalmologista (para os casos de deficiência visual) credenciado no SUS (Sistema Único de Saúde), especificando o CID de acordo com o grau da deficiência física ou visual.

e) 1 (uma) cópia simples da última declaração de imposto de renda (ano vigente), e seu respectivo recibo de entrega.

Obs.: Se não for declarante, apresentar cópia da declaração de isento (também chamado recadastramento de CPF) ou, se for dependente, levar declaração do responsável.

f) Documento que prove regularidade de contribuição a previdência (INSS). Ex: Holerith (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado). No caso de Autônomo ou possuir empresa no nome, necessita certidão negativa de regularidade de contribuição para o INSS. Obtido através do seu contador ou pelo site www.dataprev.gov.br (basta informar o NIT - nº. de inscrição do trabalhador).

Obs.: Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, preencher declaração de não contribuinte do INSS fornecido pela Receita Federal.


ISENÇÃO DE IPI - NÃO CONDUTOR (PESSOA COM DEFICIÊNCIA MENTAL SEVERA OU PROFUNDA E PESSOA AUTISTA)


* Necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da Receita Federal.

a) Preencher Kit de requerimentos de isenção de IPI fornecidos pela Receita Federal;

b) Preencher declaração de identificação do condutor autorizado com firma reconhecida em cartório das assinaturas de todos os envolvidos no processo;

c) Curatela do responsável no caso pessoa com deficiência maior de 18 anos, que não possua capacidade jurídica.

Obs.: A curatela trata-se de um documento emitido por um juiz de direito que concede responsabilidade jurídica a uma determinada pessoa para que responda pela pessoa com deficiência mental.

d) 1 (uma) cópia autenticada do RG, CPF comprovante de endereço, da pessoa com deficiência física, assim como do curador eleito e dos condutores envolvidos.

Obs.: No caso de pessoa com deficiência menor de 18 anos e dependente dos pais ou responsável, que não possua RG e CPF, anexar certidão de nascimento.

e) Laudo médico conforme modelo específico fornecido pela receita federal a ser preenchido por médico e psicólogo, (para casos de deficiência mental) credenciados ao SUS (Sistema Único de Saúde), especificando CID de acordo com o grau de deficiência mental severa ou profunda e autismo.

f) 1 (uma) cópia simples da última declaração de imposto de renda (ano vigente), e seu respectivo recibo de entrega de todas as pessoas envolvidas no processo.

Obs.: Se não for declarante, apresentar cópia da declaração de isento (também chamado recadastramento de CPF) ou, se for dependente, levar declaração do responsável.

f) Documento que prove regularidade de contribuição à previdência (INSS). Ex: Holerith (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado). No caso de Autônomo ou possuir empresa no nome, necessita certidão negativa de regularidade de contribuição para o INSS. Obtido através do seu contador ou pelo site www.dataprev.gov.br (basta informar o NIT - nº. de inscrição do trabalhador).

Obs.: Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, preencher declaração de não contribuinte do INSS fornecido pela Receita Federal.

RETRIBUINDO O CARINHO DA EQUIPE MÉDICA DA NEUROMUSCULAR-UNIFESP

Como agradecer as pessoas que nos tratam bem, nos dando alegria de continuar a lutar por uma vida melhor, como agradecer aos anjos enviados por Deus que aqui chegaram e em forma de médicos que pensam com o amor , o amor único que nos foi dado pelo nosso criador e com o tempo se perdeu.
Gostaria de ter palavras mil para agradecer aos meus amigos e também os teus amigos pela oportunidade de conviver ao lado de Anjos que estão a nos ajudar .
Descobri comoMUITO OBRIGADO MEUS AMIGOS ANJOS.


CONHECENDO UM ANJO

EDUCAÇÃO COMEÇA DENTRO DE NOSSOS LARES

RIR É SEMPRE O MELHOR REMÉDIO








AMOR NÃO É O QUE VOCE ESTA PENSANDO


terça-feira, 13 de abril de 2010

TRATAMENTO FORA DO DOMICÍLIO - TFD

Estou iniciando solicitação para TFD junto a Secretaria da Saúde/RS para dar continuidade ao diagnostico e tratamento da SPP na cidade de São Paulo pela UNIFESP - Neuromuscular, estou sendo bem atendido por funcionária da secretaria onde esta me solicita documentos e exames onde devo provar que tenho a doença que solicito o tratamento fora do domicilio.
A burocracia vai começar pois, como sendo uma doença  que ainda não esta no conhecimento de nossa classe médica, como comprovar que a tenho se os laudos dos exames apontam para outra coisa ?
Claro que desistir não devemos, lutar já faz parte de nossa sobrevivencia que fazemos com muita vontade.
Vou buscar todos os exames e anexar ao processo de solicitaçâo de TFD e aguardar para que os mèdicos que irâo examinar possam me dar voto favoravel a concessâo do beneficio de tratamento.
Tendo remetido email para a FADERS solicitando informações a respeito de TFD a mesma me deu retorno o que posto aqui para a divulgação do atendimento pela pessoa Sra Elisa que desde já agradeço por tão oportuna divulgação a respeito da SPP e do Simposio sobre SPP.

Acessibilidade Faders



16:23 (26/04/2010)


Boa tarde Paulo.


A informação que recebemos da Secretaria da Saúde é a seguinte:


Para fazer o TFD, necessitas ir até o Postão do IAPI, falar com as assistentes sociais Mirna ou Helena e marcar uma avaliação. Leva junto os exames e laudo que já tens. Após a avaliação do teu caso, não tendo um tratamento adequado no Estado, és encaminhado para atendimento fora do domicílio.


Endereço do Postão:


Rua 3 de Abril 90, Passo da Areia


Porto Alegre, RS


Telefone: ( 51 ) 3341.6333


Agradecemos a gentileza de nos enviar material para divulgação. Publicamos no Portal, no menu Serviços, Item Biblioteca Virtual.


Acesse



http://www.portaldeacessibilidade.rs.gov.br/uploads/1272309097PosxPoliomielite.pdf

e confira.


Tambem divulgamos o curso.


Acesse


http://proex.epm.br/eventos10/poliomielite/index.htm

e confira.


Qualquer dúvida ou sugestão, entre em contato.

http://www.portaldeacessibilidade.rs.gov.br/

Boa tarde Paulo.


O Portal de Acessibilidade do RS/Faders/SJDS, é o primeiro portal público do RS voltado as demandas das pessoas com deficiência e pessoas com altas habilidades.
Tem por objetivo estabelecer um canal de relacionamento e interlocução com a sociedade por meio da disponibilização de produtos e serviços, públicos e privados, no âmbito do RS, voltados para as pessoas com deficiência e altas habilidades, de maneira organizada, atualizada e acessível, garantindo defesa e promoção de direitos e conquistas.

Constitui-se numa ferramenta de fácil acesso e disseminação de conteúdos, informações, serviços, recursos e consultas on-line, nas áreas de trabalho, saúde, educação, assistência social, cultura, esporte e lazer, tornando-se um instrumento de inclusão social das pessoas com deficiência e pessoas com altas habilidades.

Conforme solicita, pode postar nosso email
Agradecemos a colaboração e sempre que tiver material, notícias, etc.,referentes a pessoas com deficiência, encaminha que divulgamos.

Atenciosamente. Elisa.

PRIMEIRA VACINA

PRIMEIRA VACINA

FOTOS

FOTOS
NEUROMUSCULAR EM SÃO PAULO

Postagens populares

HIDROTERAPIA

HIDROTERAPIA