RELÓGIO

PARTICIPE SENDO UM SEGUIDOR DO BLOG

www.stepaway-polio.com

Google+

MAPA MUNDI

free counters

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Diálogos entre as diferenças

Logotipo da FADERSBrasão da Secretaria da Justiça e dos Direitos HumanosCartilha Atitudes que fazem a diferença com Pessoas com Deficiência - Faders/SJDHImagem Representando o Selo de Aprovação pelas Normas Brasileiras de Acessibilidade na Internet

Diálogos entre as diferenças


Presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, com os guaranis Marcelo Kuaray e Wera Junior e o técnico da fundação, Jorge Amaro02/08/2016
O presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, junto com o técnico da fundação, Jorge Amaro, receberam a visita do coordenador do grupo indígena Nhe' E Ambá – Morada dos Anjos, que pertence a aldeia Tekoá-Tavaí de Santa Catarina, Marcelo Kuaray, para conhecer o novo trabalho musical do grupo, também esteve presente o Wera Junior, guarani de Barra do Ribeiro.

Durante a visita, Bakof tomou conhecimento das atividades desenvolvidas dentro da aldeia e da cultura guarani.

Saiba mais:

O povo indígena Guarani está localizado em cinco países sul-americanos: Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Bolívia. Em nosso país, essa população está em torno de 53.301 índios vivendo em aldeias (Funasa, 2010) e distribuídos principalmente nas regiões Sul (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná), Sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo) e Centro-Oeste (Mato Grosso do Sul).Trata-se de uma das maiores populações indígenas do país, representando quase 9% dos 600.518 índios existentes em território nacional (Funasa, 2010).
Os Guarani que vivem no Brasil se dividem em três subgrupos: Ñandeva, Kaiowá e Mbya. Tal classificação foi adotada nos anos 1950 pelo antropólogo Egon Schaden e está pautada, sobretudo, em suas observações sobre as diferenças no dialeto, nos costumes e nas práticas rituais entre este povo. Tal classificação é, atualmente, a mais adotada, embora em muitos casos não corresponda aos etnônimos utilizados pelos próprios Guarani para se autodefinirem. Assim, por exemplo, na região da tríplice fronteira entre Brasil (oeste paranaense), Paraguai e Argentina, há grupos que se autodenominam Avá-Guarani e, em São Paulo, existem grupos que se definem como Tupi.


Fonte: ASCOM/Faders Acessibilidade e Inclusão




Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul FADERS
Rua Duque de Caxias, 418 - Bairro Centro - Porto Alegre/RS - CEP: 90.010-280
Telefone/Fax: (51) 3287-6500 - faders@faders.rs.gov.br
Horário de atendimento: De segunda à sexta-feira das 8h ás 12h e das 13h30 ás 17h30
Todos os direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRIMEIRA VACINA

PRIMEIRA VACINA

FOTOS

FOTOS
NEUROMUSCULAR EM SÃO PAULO

Postagens populares

HIDROTERAPIA

HIDROTERAPIA