RELÓGIO

PARTICIPE SENDO UM SEGUIDOR DO BLOG

www.stepaway-polio.com

Google+

MAPA MUNDI

free counters

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Logotipo da FADERSBrasão da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos

Parlamentares manifestam apoio ao movimento das APAEs

08/08/2013
Renato Annes - MTE 4146
Edição: Letícia Rodrigues - MTE 9373

O apoio do Parlamento gaúcho e de todas as suas bancadas à mobilização das APAEs (Associações dos Pais e Amigos dos Excepcionais) pela manutenção destas instituições através do texto da Meta 4 do Plano Nacional de Educação, que prevê a inclusão de alunos com necessidades especiais no ensino regular, foi a tônica dos pronunciamentos dos deputados na Assembleia, durante o período das Comunicações, na sessão dessa quarta-feira (7). Os trabalhos parlamentares foram acompanhados por representantes das APAEs de todo o Estado, alunos, pais, políticos e amigos de alunos especiais.

O presidente da Assembleia, deputado Pedro Westphalen (PP), na ocasião, cumprimentou a presidente nacional das Federações das Apaes, Aracy Maria da Silva Lêdo, e Luís Alberto Maioli, presidente da Federação da Apae do Rio Grande do Sul, pelo movimento organizado, e anunciou que leverá o assunto à próxima reunião da Mesa Diretora, para que seja dado ao movimento o apoio institucional do Parlamento gaúcho.

A deputada Zilá Breitenbach (PSDB) solidarizou-se com os representantes das APAEs de todo o Estado, que defendem a manutenção dessas Associações. “Inserir os alunos nas escolas regulares sim, mas não excluir fechando as APAEs”, asseverou.

O deputado Miki Breier (PSB) defendeu, igualmente, a importância da manutenção das APAEs. Também manifestou-se preocupado com os números relativos a acidentes de trânsito com vítimas. Ao finalizar, ainda assinalou a passagem, nesta semana, dos 68 anos da bomba atômica contra Hiroshima e Nagasaki, lamentando pelo episódio.

A deputada Maria Helena Sartori (PMDB) alertou para o fato de que muitos funcionários contratados pela recém criada Empresa Gaúcha de Rodovias – EGR, entre eles contadores e advogados, nada têm a ver com manutenção de estradas. Para ela, isso demonstra apenas um “perfil arrecadatório” da nova empresa do Estado. Também manifestou a solidariedade da bancada do PMDB à mobilização das APAEs.

O deputado Edegar Pretto (PT) registrou seu apoio e o do governo estadual ao movimento das APAEs. Ainda assinalou a passagem dos sete anos da Lei Maria da Penha e seus benefícios à segurança da mulher.

O deputado Adolfo Britto (PP) destacou a importância das APAEs continuarem mobilizadas em sua luta, registrando o apoio da bancada do PP ao movimento e suas reivindicações.

O deputado Jeferson Fernandes (PT), presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia, também se manifestou solidário à mobilização das APAEs. Para ele, a inclusão de alunos especiais na rede oficial de ensino é positiva, “mas não se pode desrespeitar a experiência der tantos anos das APAEs”.

O deputado Ernani Polo (PP), ao se solidarizar com as APAEs, destacou os trabalhos realizados pela Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas com Deficiências, que tem como um de seus objetivos levar ações, em âmbito federal, na busca de melhores condições a essas pessoas e seus familiares.

O deputado Gerson Burmann (PDT) também defendeu o reconhecimento das APAEs. Elogiou a mobilização destas instituições e manifestou o apoio do PDT e de todas as bancada na Assembleia às alterações necessárias ao mantimento das APAEs.

A deputada Elisabete Felice (PSDB) cumprimentou as APAEs, salientando ser preciso respeitar o trabalho de mais de 50 anos destas instituições.

A deputada Ana Affonso (PT), enquanto professora e presidente da Comissão de Educação da Casa, manifestou seu apoio à luta das APAEs. Ainda destacou os benefícios da Lei Maria da Penha às mulheres brasileiras e a passagem dos sete anos de criação da referida lei.

O deputado João Fischer (PP) debateu a situação das APAEs no Rio Grande do Sul e cobrou ações do governo, no sentido de beneficiar o trabalho das instituições que cuidam de pessoas com deficiências. Citou proposta prevendo desconto de 5% de imposto para que possam ser destinados mais recursos a essas entidades.

O deputado Raul Carrion (PCdoB) manifestou apoio da bancada à mobilização das APAEs, observando que, mesmo justa a preocupação do governo federal de garantir preferencialmente a inclusão de alunos com necessidades especiais na rede oficial de ensino, deve-se garantir igualmente a manutenção de estabelecimentos de educação especial.

O deputado Jorge Pozzobom (PSDB) solidarizou-se ao movimento das APAEs e lembrou de contribuição que deu à educação especial, quando ocupou a Secretaria de Ação Social de Santa Maria.

O deputado Cassiá Carpes (PTB) citou matéria de ontem, da Folha de São Paulo, em que são citadas que as empresas que mais devem ao governo, hoje, foram as que fizeram doações às campanhas eleitorais. “É uma vergonha”, salientou e, por fatos como este, segundo o petebista, é que o governo não dá valor à Educação, por exemplo. Ainda manifestou seu apoio às APAEs.

O deputado Gilmar Sossella (PDT) também se manifestou solidário ao movimento das APAEs, destacando a importância destas instituições na educação especial. “As APAEs precisam continuar o seu trabalho, com repasses cada vez maiores”, asseverou.

O deputado Catarina Paladini (PSB) afirmou estar a Superintendência de Portos e Hidrovias com seu quadro de pessoal totalmente defasado, neste momento de euforia, especialmente para o modal hidroviário gaúcho. E cobrou do governo estadual uma política de contratação emergencial ou concurso para aquele órgão.

Ouça a íntegra dos pronunciamentos em plenário no endereçowww.al.rs.gov.br/legislativo

Fonte: Agência de Notícias - AL/RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRIMEIRA VACINA

PRIMEIRA VACINA

FOTOS

FOTOS
NEUROMUSCULAR EM SÃO PAULO

Postagens populares

HIDROTERAPIA

HIDROTERAPIA