RELÓGIO

PARTICIPE SENDO UM SEGUIDOR DO BLOG

www.stepaway-polio.com

Google+

MAPA MUNDI

free counters

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Logotipo da FADERSBrasão da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos


Seminário revela demandas das mulheres com deficiência


Imagem do auditório do Palácio da Justiça, a partir da entrada, com o público sentado, visto de costas, e cadeirantes na passagem central do local. À direita, um cão guia sentado de frente para a entrada, acompanhando sua dona. Ao fundo, no palco, uma bancada com os palestrantes do evento sentados, e de pé, à esquerda da bancada, a intérprete de Libras. Nas duas laterais da bancada, mais ao fundo do palco, telões, e à esquerda de um deles, a bandeira do Brasil e a do RS. Crédito Rosangela Groff.31/03/2014
A Faders - Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades no RS (Faders) realizou na última sexta-feira, dia 28, o seminário “Mulheres com Deficiência e as Políticas Públicas”. O empoderamento e enfrentamento de barreiras, a abordagem de conceitos como sexualidade, maternidade, inserção no mercado de trabalho e a apresentação de experiências de vida fizeram do evento um encontro produtivo, no qual, ao final, foi elaborada a carta do Rio Grande do Sul com demandas levantadas pelos participantes, tanto palestrantes quanto público presente.

O auditório do Palácio da Justiça recebeu cerca de 170 pessoas que acompanharam as mesas “Caminhos e Trajetórias”, “Marcos de direitos das pessoas com deficiência e sua implementação pelos poderes públicos” e “Gênero e deficiência”. Junto à Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos e à Secretaria de Políticas para as Mulheres, Coletivo Feminino Plural e Rumo Norte dividiram o debate com representantes do Tribunal de Justiça, da Assembleia Legislativa e do Coepede.

O diretor-presidente da Faders, Roque Bakof, que abriu o encontro, destacou que o Estado está atento aos direitos e às oportunidades e que a Fundação faz parte dessa consciência voltada à cidadania. “Assumi esse encargo, essa missão na Faders para dar continuidade à proposta da Fundação que é articular políticas que garantam a autonomia das pessoas com deficiência”, frisou.

A secretária adjunta da Justiça e dos Direitos Humanos, Maria Celeste, participou da abertura do seminário. "As mulheres deficientes sofrem de dupla vulnerabilidade: a de gênero e a causada pela deficiência", afirmou. Ela ainda parabenizou a Faders pelo programa RS Sem Limite, que levou o tema da acessibilidade a diversos municípios gaúchos. “Se não fosse esse trabalho da Fundação, os gestores ainda não estariam pensando em políticas públicas para pessoas com deficiência”, disse.

A secretária adjunta da Secretaria de Políticas para Mulheres, Ana Maria Félix, relatou algumas ações da pasta voltadas para mulheres com deficiência, como o enfrentamento à violência contra a mulher e os cursos profissionalizantes para geração de renda. "Quem promove a igualdade é quem faz a diferença", ressaltou a secretária da Justiça e dos Direitos Humanos, Juçara Dutra Vieira, que fez uma saudação aos participantes no início da tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRIMEIRA VACINA

PRIMEIRA VACINA

FOTOS

FOTOS
NEUROMUSCULAR EM SÃO PAULO

Postagens populares

HIDROTERAPIA

HIDROTERAPIA